Copa do Mundo – A história de um patrimônio mundial

Tempo de leitura: 10 minutos

Evento de alta magnitude que arrasta multidões e se tornou paixão mundial, a Copa do Mundo de Futebol é um campeonato internacional organizado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) com as principais seleções de futebol do mundo.

As competições tiveram início em 1930 com sede no Uruguai, país campeão neste primeiro torneio. O evento contou com a participação de 13 seleções convidadas pela FIFA, sendo quatro europeias: França, Romênia, Bélgica e Iugoslávia e nove pertenciam a América do Sul e do Norte: Brasil, Uruguai, Argentina, Peru, Chile, Paraguai, Bolívia, México e Estados Unidos.

Atualmente a Copa do Mundo ocorre de quatro em quatro anos e a classificação das seleções é definida feita por meio de torneios eliminatórios que participam cerca de duzentas seleções de países diferentes.

A Copa do Mundo é um evento tão grandioso e emocionante, que nós não poderíamos deixar de dar nossa contribuição contando um pouco da história maravilhosa desse esporte que virou patrimônio mundial. Para se ter ideia do que a copa do mundo representa, em sua última edição a audiência da final entre Alemanha e Argentina foi algo assustador: cerca de 695 milhões de espectadores em todo o mundo acompanharam a partida pela TV.

A seguir, você poderá conferir por meio de um Dashboard totalmente dinâmico e interativo, informações importantes sobre as Copas do Mundo, tais como: total de seleções, total de gols, total de partidas, entre outras.

Ficou interessado? Continue a leitura e fique por dentro das diversas curiosidades da história do evento esportivo mais assistido do mundo!

 

A primeira Copa do Mundo

Foram escolhidas treze seleções para disputar esse campeonato, elas foram divididas em quatro grupos:

– Grupo 1: Argentina, Chile, França e México;

– Grupo 2: Brasil, Bolívia e Iugoslávia;

– Grupo 3: Uruguai, Peru e Romênia;

– Grupo 4: Estados Unidos, Paraguai e Bélgica.

A primeira disputa ocorreu em 13 de julho de 1930 e a primeira final de Copa do Mundo se deu no dia 30 de julho de 1930. Os protagonistas eram nada menos que Uruguai x Argentina e essa disputa aconteceu no estádio Centenário, que foi construído exclusivamente para este torneio.

A FIFA escolheu o Uruguai para sediar a primeira Copa porque neste ano o país estava comemorando o centenário de sua primeira constituição, além da conquista da medalha de ouro pela Seleção Uruguaia de Futebol nos Jogos Olímpicos de Verão de 1928.

O Uruguai se sagrou campeão, derrotando a Argentina por 4 a 2, de virada. A emoção foi tanta que a população obteve do governo uruguaio o decreto do dia seguinte inteirinho destinado a comemorações. Nesta competição a seleção brasileira ficou em sexto lugar na colocação.

A Copa do Mundo no Uruguai foi disputada em apenas três estádios Centenário, Gran Parque Central e Pocitos, todos na capital Montevidéu.

Abaixo a imagem da Seleção Uruguaia – A primeira campeã do mundo.

Seleção uruguai

 

A Taça Jules Rimet

O prêmio para a seleção campeã era a Taça Jules Rimet (nome do criador da Copa do Mundo e também terceiro presidente da FIFA de 1921 a 1954).

A Taça Jules Rimet, objeto de cobiça no mundo do futebol era feito de prata esterlina revestida de ouro, sua base era azul, possuía 35 centímetros e pesava cerca de 3,8 quilos. Era estampada pela imagem da deusa Nike (representava a vitória) que parecia sustentar uma figura octogonal.

Havia uma regra que só permitia tomar posse do prêmio (levar para a sede) aquela seleção que conquistasse o tricampeonato. O Brasil foi o primeiro a ter esse direito na Copa de 1970, mas infelizmente, a Jules Rimet foi roubada da sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e nunca foi encontrada. A suspeita é de que o roubo tinha como objetivo derreter a peça e vender o ouro bruto, mas nunca foi confirmado pela investigação.

Após esse triste episódio a Taça Jules Rimet, foi substituída pelo Troféu da Copa do Mundo FIFA, e foi decretado que mais nenhuma seleção teria o direito de posse.

 

O Troféu da Copa do Mundo

Substituto da Taça Jules Rimet por conta do roubo ocorrido no Brasil em 1983 na sede da Confederação Brasileira de Futebol, o Troféu da Copa do Mundo foi criado por Silvio Gazzaniga e produzido por Milano Bertoni.

Possui 36,8 centímetros, pesa cerca de 6 quilos de ouro sólido de 18 quilates, com uma base de 13 centímetros de diâmetro e detalhes em malaquita. Possui a figura de duas pessoas recebendo o planeta Terra. Em sua parte inferior, contém as palavras “FIFA World Cup” (Copa do Mundo da FIFA).

Nesse troféu vem sendo gravados os nomes de todos os países que se tornam campeões deste torneio.

Ao contrário da Taça Jules Rimet, o Troféu da Copa do Mundo não fica mais com ninguém, o país campeão recebe apenas uma réplica – de valor bem inferior a original – do Troféu, que custou 20 mil dólares para a FIFA. Depois que a base do troféu for ocupada com os nomes das seleções campeãs, ele ficará guardado no museu da FIFA, que tem sua sede em Zurique, na Suíça.

 

As campeãs do mundo – Você sabe quais são?

Você sabe quais são as seleções campeãs das Copas do Mundo? Tem ideia da média de público, colocação dos times, quantos e quais foram os cartões recebidos por partida?

São informações muito específicas e detalhadas, não é mesmo?

Para ter essas referências, seriam necessárias diversas pesquisas na internet, livros e até mesmo entrevistas com pessoas que vivenciaram esses momentos. Mas pensando em simplificar esse processo, e animar os amantes do futebol e fãs desse fenômeno chamado Copa do Mundo, trouxemos com riqueza de detalhes as informações mais relevantes das edições desse evento tão incrível.

É isso mesmo! Desenvolvemos por meio Power BI, um Dashboard totalmente interativo para você navegar pela linha do tempo e descobrir quais foram as bolas de todas as Copas, qual foi a partida final, qual foi a média de gols e várias outras curiosidades a respeito das Copas desde 1930 até a última Copa de 2014.

A seguir, uma breve colocação das campeãs:

1930 – Uruguai

1934 – Itália

1938 – Itália

1942 e 1946 – A Copa do Mundo não foi realizada nesses anos por causa da Segunda Guerra Mundial.

1950 – Uruguai

1954 – Alemanha

1958 – Brasil

1962 – Brasil

1966 – Inglaterra

1970 – Brasil

1974 – Alemanha

1978 – Argentina

1982 – Itália

1986 – Argentina

1990 – Alemanha

1994 – Brasil

1998 – França

2002 – Brasil

2006 – Itália

2010 – Espanha

2014 – Alemanha

Depois dessa prévia, você deve estar ansioso para obter mais detalhes sobre as Copas, acertamos?

Fique tranquilo! Clique nos botões correspondentes aos anos e divirta-se!

Para melhor visualização, sugerimos que a leitura seja realizada em um computador ou clicando aqui.

O Power BI

E aí, o que achou dessa viagem no tempo?

Se nós conseguimos reunir essas informações incríveis desde a primeira edição da Copa do Mundo em 1930 até a última em 2014, pensa o que essa solução pode fazer com dados dos mais antigos aos mais recentes da sua empresa?

O Power BI é um conjunto de soluções para análise de dados, que apresenta informações integradas e dinâmicas por meio da criação de Dashboards, além de se conectar a diversas fontes de dados, trazendo informações em tempo real.

Uma solução de BI que facilite as suas tomadas de decisões no dia a dia é o que a sua empresa precisa. Com a ajuda dela você adquire domínio do seu negócio e passa a saber exatamente o que deve fazer para alcançar o sucesso.

 

A Copa do Mundo na Rússia – 2018

Nesse ano de 2018, mais precisamente de 14 de junho a 15 de julho, será realizada a 21º edição da Copa do Mundo.

A Copa será sediada pela primeira vez na Rússia, que usará 12 de seus estádios em 11 cidades para realizar os jogos.

A seleção brasileira que fez uma bela campanha durante as etapas classificatórias, será comandada por Tite e foi a primeira a se classificar por meio dos torneios eliminatórios, fora a própria Rússia que já estava garantida por ser o país-sede.

O campeonato contará com a participação de 32 seleções e serão realizadas 64 emocionantes partidas no total.

O mascote da Copa de 2018 será representado por um lobo chamado Zabivaka (que quer dizer, “aquele que marca”). Ele vestirá um uniforme nas cores da bandeira da Rússia (vermelha, branca e azul).

A bola será batizada de Telstar 18 e foi desenvolvida pela Adidas. A inspiração veio das bolas das Copas de 1970 e 1974. É da cor branca com gomos pretos com detalhes metalizados.

A maior novidade a respeito da bola da Copa de 2018, é que será primeira a receber um chip NFC Near Field Communication (que possui capacidade de interação wireless via smartphone).

O chip NFC é uma tecnologia que permite a comunicação entre dois dispositivos entre si sem a necessidade de cabos ou fios. Basta posicionar o aparelho (que deverá ter o chip NFC, nem todos os modelos possuem essa tecnologia) a um campo de distância de até 10 centímetros, para que haja a recepção de dados.

E no caso da bola da Copa 2018, a Telstar 18, a função do chip será de gerar interação dos torcedores com os conteúdo adidas football, competições e desafios especiais, que serão atualizados constantemente.

Atenção, ao contrário das especulações, o chip NFC não servirá para medir velocidade de chute ou se a bola entrou no gol ou não, mas sim para obter informações exclusivas do produto.

O logotipo da Copa de 2018 estará estampado na bola.

Abaixo, os países classificados para a Copa 2018 de acordo com a ordem classificação nos torneios eliminatórios:

– Rússia (país sede)

– Brasil (primeiro classificado)

– Irã

– Japão

– Bélgica

– México

– Coreia do Sul

– Arábia Saudita

– Inglaterra

– Alemanha

– Espanha

– Nigéria

– Egito

– Polônia

– Costa Rica

– Islândia

– Sérvia

– Portugal

– França

– Panamá

– Argentina

– Colômbia

– Uruguai

– Senegal

– Tunísia

– Marrocos

– Suíça

– Suécia

– Croácia

– Dinamarca

– Peru

– Austrália

Dia 14 está logo ali, então, agora é só esperar para curtir e torcer muito, tanto para a seleção brasileira, é claro, quanto para esse esporte que despretensiosamente objetiva unir a nação.

Se emocione, torça e vibre! A Copa do Mundo chegou!

Para conhecer mais sobre nossas soluções, nos acompanhe nas redes sociais: Facebook e LinkedIn.

Quer aprender a criar Dashboards como esse? Participe do treinamento de Power BI. Acesse o conteúdo programático, clicando na imagem abaixo!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *